Vindima na quinta do Monte da Casteleja

vindima.jpg

Programa:

  • 07h30 Receção de Boas Vindas e café na quinta
  • 08h00 Vindima (com lanche oferecido pela quinta)
  • 13h30 Almoço (oferecido pela quinta), ementa regional – opções vegetariana e de carne.
  • 16h00 Descanso
  • 17h00 Pisa das uvas
  • 20h00 Regresso para Monchique

O Monte da Casteleja pretende recriar o conceito de “vinho do produtor”, com a combinação das técnicas ancestrais como a pisa a pé e o envelhecimento em tonéis.

Uma das épocas mais importantes do Monte da Casteleja é a das vindimas. Afinal é todo o trabalho de um ano que se colhe em vários dias e que irá transformar-se em vinho para os próximos anos. Apesar de ser um período de grande trabalho, concentração e rápidas decisões é sempre acompanhado de muita energia humana, tornando os dias e noites de vindima em festa e muita animação.

Desde o seu início em 2002, que desejámos fazer a vindima “á moda antiga”, com o trabalho manual de seleção e corte das uvas, transporte para a adega em caixas de 15kg , seguido com a pisa em lagar das melhores uvas ao fim do dia, como ainda se faz nos melhores vinhedos do Douro. É um dia longo carregado de canções e emoções que preenchem os corações de quem participa.

E por isso, a vindima da Casteleja já começa a ter no seu elenco, cada vez mais e mais interessados em passar um dia no campo, debaixo de um sol abrasador de Setembro, por entre cepas carregadas e gente voluntariosa, e que faz do nosso vinho um concentrado de sinergias muito ricas e poderosas.

Domingo 6 de setembro de 2015

Ponto de encontro: sede da associação, Rua do Repouso nº 6, Monchique

Hora de saída: 07h00

Reservas: tel 282 911 257 / 963 55 253 ou info@anossaterra.org

Requisitos:

·         Vindima: Roupa de campo com botas, luvas, chapéu e loção protetora

·         Pisa: Roupa velha, calções curtas, toalha

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Top